Igreja P. A.D. Missão Profética

Igreja P. A.D. Missão Profética
Ganhando almas para o Senhor

sábado, 28 de janeiro de 2012

Sermão Topical: Eu vim por causa das tuas palavras.


Texto Bíblico: Dn. 10.12 - Então me disse: Não temas Daniel, porque desde o dia em que aplicaste o teu coração a compreender e humilhar-te perante o Senhor teu Deus. são ouvidas as tuas palavras E eu vim por causa ­das tuas palavras .
Introdução:
Daniel, cujo nome significa: Deus é meu juiz;  ou Deus é meu vindicador. Daniel nasceu em uma família judaica de alto nível social, vivia na Palestina, passou sua infância na Judeia, depois foi levado cativo para a Babilônia, onde viveu de 605 a 530 a/C. A mensagem especial do livro de Daniel é que Deus nos ama e tem cuidado de nós. 1º preserva-nos do perigo, Dn.3.17; 2º nos ergue dentre os mortos, Dn.12.1-2; 3º Estabelece e remove impérios inteiros Dn. 2.44; 4º afasta o véu e revela segredos do passado, do presente e do futuro. Dn. 2.44; 5º Ele livra e salva; opera sinais e maravilhas, no céu e na terra. Daniel é um dos quatro grandes profetas bíblicos, junto com Ezequiel, Jeremias e Isaias.

1º Tópico
Então me disse: Não temas Daniel - O temor e a duvida são dois inimigos perigosíssimos que pode por tudo a perder, a maioria das pessoas tem medo que suas orações não sejam atendidas e respondidas; alguns chegam até duvidar de suas próprias orações, o que se toma um erro gravíssimo conforme Tiago 1.6 - Peça com fé não duvidando, porque aquele que duvida é como as ondas do mar, impelida e agitada pelo vento. Você já observou as ondas do mar, que fica num vai e vem sem parar demonstrando indecisão; o crente tem que ser determinado, não crente T omé, que precisou ver para crer, nós andamos por fé e não por vista. O medo e a duvida são dois inimigos da fé, é por isso que a Bíblia registra 366 vezes a palavra não temas e Jesus deu um mandamento a nós e a Tomé: Não sejas incrédulo, mas crente. João 20.27.
2º Tópico: A palavra de Deus é enfática ao dizer: Clama a mim e responder-te-ei e anunciar-te-ei coisas grandes e firmes que não sabes. Jeremias 33.3. Irmão não desista da tua oração, porque na hora em que você desistir estará assinando a tua derrota e permitindo ao inimigo continuar agindo em sua vida. Portanto insista e não desista, resista Tiago 4.7 - Sujeitai-vos pois a Deus e resisti ao diabo e ele fugirá de vós. O nosso Deus é um Deus de vitórias, derrotado é o diabo e para ele não tem mais jeito, porque já está condenado. Daniel não desistiu, ele orava por Jerusalém, uma cidade inteira, uma nação inteira, Jerusalém representa a Igreja, um lugar de paz. Irmão não desista de orar e não aceite profecia que não venha de Deus, ainda que seja tentado como aconteceu com o cego de Jericó em Mateus 10.48; ele clamava e o repreenderam mandando que se calasse, mas ele não deu ouvidos; clamou mais alto ainda, e Jesus ouviu e atendeu sua petição. Devemos ter cuidado com os falsos profetas, os quais são usados pelo diabo para tentar nos parar, mas nós somos crentes determinados e não vamos parar nem desistir até vermos o milagre realizado. O que há de vir, virá, e o Senhor não tardará. Façamos como a viúva que clamava por justiça a um Juiz iníquo, ela não desistiu até ser atendida. Lc. 18.1-8.
3° tópico: Devemos crer em Deus e nos seus profetas como diz a Bíblia, 2° Cr. 20.20; porém não devemos crer em profecias fora da Bíblia. Uma profetiza chegou a um homem de Deus e disse irmão: O meu Deus disse que você irá se casar cômico. O homem de Deus disse: Está bem irmã, quando Deus falar comigo que devo me casar com você, então nos casaremos. E isso não aconteceu. Ele se casou com outra, e a profetiza ficou pra titia.

4° Tópico:Não desista de orar por sua família, não desista de orar por sua Igreja; não desista de orar por seu ministério, por seu bairro, por sua cidade, por seu pais. Igreja unida em oração, jamais será vencida. Daniel não desistiu e o anjo disse a ele: Desde o 1° dia em que aplicaste o teu coração a compreender e humilhar-te perante teu Deus, são ouvidas as tuas palavras. Em que temos aplicado o nosso coração, em que você tem aplicado o teu coração? Nas coisa de Deus ou do mundo? O que temos tentado compreender? A Deus ou ao mundo? E A quem temos nos humilhado? A Deus, ao diabo ou ao mundo? E quais são as palavras do nosso vocabulário, são palavras boas ou palavras más. O anjo disse a Daniel: Eu vim por causa das tuas palavras.
5° tópico: São as nossas palavras que fazem a diferença, a palavra do homem tem que ser uma só, Jesus disse: Seja, porem, o vosso sim, sim e o vosso não, não; o que passar disto vem do maligno. Mt. 5.37. O Anjo veio por causa das palavra de Daniel. Porem havia uma barreira a ser rompida, havia um principado, uma potestade impedindo o atendimento a oração de Daniel. Quando Adão pecou e foi lançado- fora do paraíso, o demônio loteou a terra, cada principado, cada potestade, tomou conta de uma região. Ainda hoje há regiões dominadas por demônios. Lugares onde prevalecem as drogas e os drogados como na cracolandia, lugares onde prevalecem a idolatria, como na Aparecida e em Juazeiro do Norte; a prostituição, o homossexualismo e o lesbianismo, como em determinados lugares de São Paulo; e o crime e a violência que está alcançando todas as partes e tornando a terra um lugar inseguro. Portanto, motivos para orar não falta. Tem demônio que domina uma família inteira, e a toma por sua propriedade; as pessoas da família oram e não acontece o milagre, elas desistem ou mudam a oração. E o mal continua agindo na vida das pessoas. Na época de Daniel o diabo ainda não havia sido derrotado; Jesus ainda não tinha se manifestado em carne para destruir todas as obras do diabo, Jo 3.8; 4.3. Contudo Daniel não desistiu, nem mudou sua oração, e a benção chegou.
6° tópico
EcI. 5.6 - Não consinta que a tua boca faça pecar a tua carne, nem diga diante do anjo que foi um erro. Quando oramos em nome de Jesus, colocamos os anjos de Deus em ação para trabalhar a nosso favor. Ainda que não possamos ver, os anjos estão presentes e agora o diabo não pode mais impedir os anjos porque já foi derrotado por Jesus e exposto publicamente ao desprezo, triunfando na Cruz. Col 2.15. Em João 12.31 Jesus disse: e agora será expulso o príncipe deste mundo. Ele perdeu o reinado do mundo para Jesus e Jesus entregou este reino para nós que cremos, o recebemos em nosso coração e o confessamos como Senhor de nossas vidas. Porem, apesar de caído, vencido e derrotado ele não desistiu de nos atentar através de nossas fraquezas, medos e duvidas. Portanto temos que perseverarmos em oração. A Bíblia diz que tudo o- que ligarmos na terra será ligado no u e tudo o que desligarmos na terra será desligado no  céu. Mt.16.18-19 e 18.18 Quando começamos a orar, nos ligamos ao céu e quando dizemos amém; sustentamos a nossa oração; quando damos glorias a Deus, estamos ligados com Deus e quando oramos em nome de Jesus, confirmamos a nossa oração. E o diabo cai por terra, é lançado fora, expulso, desligado.
7º Tópico



Porem quando desistimos da nossa oração, nos desligamos do céu, o anjo vai embora e o mal prevalece. Davi era um homem segundo o coração de Deus e conhecia bem o poder de suas palavras, por três vezes ele fez declarações importantes pedindo ajuda de Deus para controlar a sua língua e a sua boca.  S1.39 Eu disse: guardarei os meu caminhos, e não pecarei com a minha língua, refrearei a minha boca enquanto o ímpio estiver na minha presença. É da maior importância o uso de boas palavras na presença do ímpio, porque somos cartas vivas de Cristo, 23 Cor. 32. No salmo 119.11 Davi disse: Escondi a tua palavra no meu coração, para não pecar contra ti. E no Salmo 141.3 - Ele orou: Põe oh Senhor, uma guarda à minha boca; guarda a porta dos meus lábios. Devemos meditar na palavra de Deus para fortalecer o nosso espírito contra falsos ensinos, raciocínios e altivez que contrariam a palavra de Deus e levarmos cativos o nosso pensamento a obediência de Cristo. 2a Cor. 105.
Conclusão:
o cuidado com as nossas palavras é um fator primordial que deverá prevalecer na vida do crente de acordo com a Bíblia. Me 12.37 - Pois pelas tuas palavras será justificados e pelas tuas palavras serás condenados. As nossas palavras são os nossos juízes para nos condenar ou para nos absolver. Palavras são sementes, e quando lançadas não voltam atrás, produzem frutos bons ou maus. Porem se falarmos de acordo com a palavra de .Deus e não mudarmos a nossa oração, alcançaremos a vitória. E o que há de vir virá e não tardará. Voltando ao texto inicial: Daniel, eu vim por causa das tuas palavras; não foi por causa do jejum, não foi por causa de algum voto ou sacrifício; foi por causa das palavras de Daniel. São as nossas palavras que põe o poder de Deus em ação, ou que paralisam a benção, portanto não vamos desistir, vamos insistir, se a luta é grande, a vitória será maior ainda. Amém.
Elaboração e pregação:                                           Pr: Narciso L. Silva.


_









Voltando

Nenhum comentário:

Postar um comentário